Corregedor-Geral da Justiça

Desembargador Ricardo Rodrigues Cardozo

 

ATIVIDADES PRINCIPAIS
  • Ingressou na magistratura fluminense há 32 anos, tendo sido Defensor Público anteriormente.

  • Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (desde 2003 - promovido por merecimento).

  • Presidente da 15ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.

  • Diretor-Geral da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro – EMERJ

  • Desembargador eleito para o cargo de Corregedor-Geral da Justiça do Estado do Rio de Janeiro para o biênio fevereiro de 2021 até fevereiro 2023.

 

OUTRAS ATIVIDADES EXERCIDAS
  • Presidente da Comissão de Políticas Institucionais para Eficiência Operacional e Qualidade dos Serviços Judiciais do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro – COMAQ no biênio 2015/2016.
  • Membro do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro no biênio 2014/2016.
  • Membro das Bancas Examinadoras dos XLI, XLV e XLVI Concurso para Ingresso na Magistratura de Carreira do Estado do Rio de Janeiro, nas disciplinas de Processo Civil e Direito Civil.
  • Juiz Eleitoral Titular da 246a Zona Eleitoral da Capital no período entre 1996/2003.

 

ATIVIDADES ACADÊMICAS ANTERIORES
  • Professor da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (década de 1990);
  • Professor de Direito Civil da Faculdade de Direito da Universidade Estácio de Sá (décadas de 1990-2000);
  • Professor da Escola de Administração do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro até 2003;
  • Professor de Direito Comercial da Faculdade de Direito da Universidade Augusto Motta;
  • Chefe de Departamento de Ensino da Faculdade Niteroiense de Educação, Letras e Turismo- Universidade Plínio Leite.

 

OUTRAS ATIVIDADES
  • Vice-Presidente do Fórum Permanente de Direito de Família da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro 2003;
  • Coordenador Regional Eleitoral das áreas de Campo Grande e Santa Cruz da Capital entre os anos de 1996/2003;
  • Membro representante do TJRJ na “2A. BIENAL DE JURISPRUDÊNCIA”, promovido pela FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA, em Portugal, outubro de 2004.