Assessoria Imprensa (Dest. Foto/Texto)

Retornar para página inteira

Juíza alerta para queima de fogos no Rock in Rio

Notícia publicada pela Assessoria de Imprensa em 2017-09-13 18:04:00.0

A juíza Rosana Navega, titular do Juizado Especial de Niterói, encaminhou à Procuradoria-Geral da Justiça pedido de providências com relação aos possíveis danos na Lagoa de Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio, causados pela queima de fogos de artifícios durante a abertura do Rock in Rio. Ela pede que o fato seja comunicado aos órgãos de defesa do meio ambiente do Ministério Público para abertura de uma ação civil pública.

Defensora das questões ambientais e do direito à vida dos animais, a juíza alerta para a quantidade de fogos a ser utilizada no espetáculo, já que está prevista a queima total de 4,5 toneladas. Com base na denúncia publicada no facebook do biólogo Mário Moscatelli, Rosana Navega disse que o barulho provocará estresse nas diversas espécies de animais e os resíduos depositados na lagoa poderão provocar a morte de muitos deles pela sua toxicidade. Além disso, a flora também será afetada.

No pedido de providências, a juíza elenca as responsabilidades cível, administrativa e criminal que irão recair sobre os envolvidos neste atentado ambiental, sejam pessoas física ou jurídica. Mesmo sendo um evento privado, a juíza ressalta a responsabilidade do Estado e da Prefeitura do Rio, que são patrocinadores do espetáculo:

“Ressalte-se que todos os crimes que serão cometidos, caso esta absurda queima de fogos ocorra, por serem delitos ambientais, tornarão, em potencial, tanto o exmo. governador do Estado do RJ, quanto o exmo. prefeito, inelegíveis por 8 anos, uma vez que estas condenações “sujam as fichas”, pois são crimes com previsão na Lei da Ficha Limpa – diz a juíza.

PC /AB