Assessoria Imprensa (Dest. Foto/Texto)

Retornar para página inteira

Júri popular de acusados de morte de vereador é remarcado para o dia 30

Notícia publicada pela Assessoria de Imprensa em 2017-11-21 15:54:00.0

A 3ª Vara Criminal de Niterói reagendou para o dia 30 de novembro, às 12 horas, a realização da sessão de julgamento do ex-vereador Carlos Alberto Macedo e de Marco Antonio Titonelli Barbosa, acusados de envolvimento no assassinato do vereador eleito Lúcio do Nevada, em outubro de 2012. O júri estava marcado para hoje, mas foi adiado em razão do não comparecimento da promotora de justiça em exercício, que encaminhou atestado médico.

No dia 24 de outubro de 2012, o vereador eleito Lúcio Diniz Araújo Martelo, conhecido como Lúcio do Nevada, foi assassinado na porta da casa de seus pais, no bairro de Santa Bárbara, em Niterói, Região Metropolitana do Rio, sendo atingido por pelo menos 15 tiros. As investigações apontaram como acusados de envolvimento no crime o então vereador Carlos Macedo, a chefe de gabinete Mariana Soares Queiroz da Silva, os policiais militares Damião Washington da Silva Ferreira e Jair de Souza Neto, Renato de Souza Valente e Marco Antonio Titonelli Barbosa, apontado como o autor dos disparos.

De todos os acusados, apenas Marco Antonio Titonelli Barbosa está preso. Também no dia 30 será realizado o júri dos outros três acusados, os PMs Damião Ferreira e Jair Neto e de Renato de Souza Valente.  O julgamento da acusada Mariana Queiroz da Silva foi suspenso e não tem data marcada para acontecer.

Processo: 0092636-57.2012.8.19.0002

JM/SF