Publicador de conteúdo web

Atividades

O Museu da Justiça desenvolve, entre outras, as seguintes atividades:

* O acesso a pesquisadores e estudantes ao acervo histórico do Poder Judiciário, fonte de informações preciosas sobre a história da Justiça fluminense.

* A realização de pesquisas sobre a história da Justiça fluminense, inclusive mediante convênio com instituições universitárias e culturais.

* A preservação da memória institucional do Poder Judiciário fluminense, através do Programa de história Oral, que promove de entrevistas com magistrados, funcionários e personalidades cujas atividades profissionais tenham estado ligadas à sua história.

* Exposições permanentes e temporárias na sede do Museu e no Centro da Memória Judiciária de Niterói.

* Cursos que estimulam a integração entre os campos da História e do Direito.

* Publicações sobre a história da Justiça e do Poder Judiciário, abrangendo, em termos de tempo, os períodos colonial, imperial e republicano e, em termos de espaço, o território do atual Estado do Rio de Janeiro.

* O Programa de Arquivo Digital, que envolve o trabalho de digitalização dos processos e livros históricos de valor singular existentes no acervo do Museu.

* Visitas mediadas ao Antigo Palácio da Justiça, feitas por educadores, com a finalidade de mostrar aspectos históricos, arquitetônicos e culturais do prédio - datado de 1926 -  e do Poder Judiciário estadual.

O Museu da Justiça integra a Diretoria-Geral de Comunicação e de Difusão do Conhecimento (DGCOM) do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.

As visitas mediadas pelo Museu da Justiça ocorrem todas as terças e quartas feiras, no Antigo Palácio da Justiça.