Centro da Memória Judiciária de Niterói e Antigo Palácio da Justiça convidam para visitas guiadas e exposições

O Centro da Memória Judiciária de Niterói fica dentro do antigo Palácio da Justiça local, na Praça da República, s/nº  As visitas promovidas pelo Museu da Justiça do Rio acontecem todas as terças e quartas-feiras, na Rua Dom Manuel, 29 - Centro

Conhecer a importância da construção do Palácio da Justiça, erguido na cidade de Niterói para abrigar o Tribunal da Relação do antigo Estado do Rio de Janeiro; entender como ocorreu a extinção desse Tribunal, em março de 1975, em virtude da fusão dos estados do Rio de Janeiro e da Guanabara para formar uma nova unidade federativa; e descobrir que a Praça da República, antes denominada Praça D. Pedro II, tem, em seu entorno, um conjunto de prédios públicos históricos de grande relevância para a cidade fluminense. Esse é o roteiro que os visitantes terão durante os passeios guiados ao antigo Palácio da Justiça de Niterói, realizado por educadores do Centro da Memória Judiciária daquela cidade - unidade ligada ao Museu da Justiça do Rio.

Os interessados podem fazer o agendamento, com entrada franca, pelos telefones (021) 3002-4284/4285 ou pelo e-mail museudajustica.niteroi@tjrj.jus.br. Grupos de até 30 pessoas, por sessão, podem participar do evento.

Outra opção de lazer em Niterói é o Salão de Exposições, onde se encontram as mostras "Projeto Memória do Poder Judiciário" - que retrata a Justiça nacional e estadual de outras épocas -, "Dom João VI e a Justiça em Niterói" e "A Justiça e sua Simbologia". O Centro da Memória Judiciária de Niterói fica na Praça da República, s/nº, Centro - Niterói.

Museu da Justiça

No Rio, os interessados podem também participar de visitas mediadas por educadores do Museu da Justiça, nestas terça (dia 20, às 14h) e quarta (dia 21, às 11h e às 14h). Os agendamentos são feitos pelos telefones (21) 3133-3532/3497, ou ainda, pelo e-mail: exposiçoes@tjrj.jus.br. Na ocasião, os visitantes podem conhecer também, em grupo e de forma individual, a recém-inaugurada exposição "Mulher, Direito e Sociedade: o feminino na construção da Justiça".

Mais informações sobre o Museu da Justiça do Rio, clique aqui.