TJ do Rio suspende prisão temporária de Renata Cisne
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 07/08/2018 17:07

Os desembargadores da 7ª Câmara deferiram, em decisão liminar, a suspensão do decreto de prisão de Renata Cisne, que ficou conhecida como a “namorada do Dr. Bumbum”. A decisão vale até o julgamento definitivo do habeas corpus.

Renata foi presa no dia 17 de julho, na investigação sobre a morte da bancária Lilian Calixto após realizar uma bioplastia nos glúteos com o médico Denins Furtado, o “Dr. Bumbum”.

De acordo com o inquérito, Renata era responsável por encontrar clientes e marcar consultas para o médico. Ela estava presa por ordem do Plantão Judiciário e, segundo informações do Sistema Penitenciário, está grávida.

Proc. 0038349-43.2018.8.19.0000

 

SF / JM