Justiça condena empresário por agressão a cinegrafista do SBT
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 08/08/2018 16:24

Os desembargadores da 25ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio confirmaram a condenação do empresário Nédio Lopes, que terá que pagar indenização no valor de R$ 5 mil, a título de danos morais, ao cinegrafista do SBT, Rafael Matos Castro. Em janeiro de 2012, junto com a equipe de reportagem da emissora, Rafael estava registrando imagens sobre as más condições da Avenida “A” da Praia São José Barreto, em Macaé, na Região dos Lagos do Rio, quando foi agredido por Nédio Lopes, recebendo chutes e empurrões. O empresário justificou as agressões alegando que achava que a reportagem era contra sua empresa.

O empresário, condenado na primeira instância, entrou com recurso tentando a reforma da sentença. Os magistrados acompanharam, por unanimidade, o voto da relatora, desembargadora Marianna Fux, que confirmou a decisão, considerando justo o valor estipulado para indenização.

“O dever de indenizar restou devidamente configurado, na medida em que o fato narrado ultrapassa mero dissabor, acarretando indubitável incômodo na esfera psicológica e à honra do apelado, que se encontrava no exercício de sua profissão e foi inesperadamente agredido pelo apelante”, destacou em seu voto a relatora.

Processo nº 0003262-65.2012.8.19.0055

JM/SF