Abertura do RioHarpFestival no Museu da Justiça empolga plateia com músicas típicas iranianas
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 08/08/2019 17:30

Mais de 200 pessoas lotaram o Salão Histórico do I Tribunal do Júri nesta quinta-feira (8/8) para assistir ao show da banda iraniana Navaye Mehr Band, que abriu a temporada do XIV RioHarpFestival. A empolgação da plateia comprovou, mais uma vez, que a música é a melhor maneira de unir povos e culturas diferentes.

- Esperamos que todos gostem da nossa música. Esta é a quarta vez que nos apresentamos no Brasil e a primeira no Rio de Janeiro. Estamos gostando muito, a natureza daqui é muito bonita e a cidade é muito viva, com muito movimento - elogiou o maestro Mahdi Ayoughi, criador da banda.

Tocando instrumentos típicos do Irã – alguns totalmente desconhecidos para nós - eles contagiaram a plateia, que além de acompanhar com palmas algumas músicas, aplaudiu de pé o grupo ao final da apresentação.

 

O criador e diretor do projeto Música no Museu e do RioHarpFestival, Sergio da Costa e Silva, contou que esse evento faz parte da temporada 2019 do projeto:

- Essa edição vai acontecer entre 8 e 18 de agosto, com dois concertos por dia, totalizando 18. Como alguns artistas acabaram ficando de fora da última edição e outros pediram para se apresentarem mais uma vez, resolvemos realizar mais algumas sessões este mês – explicou.

 

A apresentação da Navaye Mehr Band foi uma parceria do Museu da Justiça - Centro Cultural do Poder Judiciário (CCMJ) com o Projeto Música no Museu. A temporada de 2019 da série terá concertos mensais, sempre às 12h30m, no Antigo Palácio da Justiça do Rio de Janeiro (CCMJ). Todos os espetáculos serão gratuitos e abertos ao público.

SF/SD

Fotos: Brunno Dantas/TJRJ