Projeto Jovens Mensageiros é implantado em Duque de Caxias
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 02/09/2019 18:51

                                                                            Os jovens foram recebidos pela diretoria do 4º NUR

 

O Serviço de Mensageria e Malote foi implementado na manhã desta segunda-feira (2/9) na Comarca de Duque de Caxias. A equipe técnica do Projeto Jovens Mensageiros, desenvolvido pelo Departamento de Ações Pró-Sustentabilidade (Deape), apresentou o trabalho realizado na capital, destacando alguns pontos como o público alvo do projeto, escolaridade e a duração do contrato de trabalho. Os jovens mensageiros participam de diversas atividades educativas, como palestras e visitas a pontos turísticos e culturais, promovidas pelo Deape.

A chefe de serviço da Mensageria e Malote, Rosemary Mattos, explicou todo o processo de trabalho de movimentação de expedientes por meio dos mensageiros. Com a atividade de coleta, transporte e entrega, os jovens se dedicam às atividades de apoio, o que faz com que os servidores possam se dedicar exclusivamente à execução das tarefas-fim.

Participaram da solenidade de implementação do serviço a juíza Mafalda Luchese, diretora do 4º NUR (Duque de Caxias); o juiz Claudio Annuza; a diretora da DIISO, Marilena Lemos; a equipe técnica do Jovens Mensageiros; a assistente social Tatiana Guimarães; a psicóloga Gisele Berniz; o supervisor de serviço da Mensageria e Malote da Capital Mauro Malheiros, além de representantes dos cartórios da área.

Durante o evento foram apresentados os quatro mensageiros e o coordenador de posto que atenderão às serventias do 4º NUR realizando a movimentação dos expedientes.

A juíza Mafalda Luchese falou sobre a satisfação em receber o Projeto Jovens Mensageiros na Comarca de Duque de Caxias e ressaltou a importância desta experiência profissional na vida dos jovens, visando uma preparação para o mercado de trabalho.