Justiça recebe denúncia de desvio de dinheiro na compra de respiradores
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 17/06/2020 10:19

A 1a Vara Criminal Especializada da Comarca da Capital recebeu denúncia do Ministério Público estadual contra Gabriell Carvalho Neves Franco dos Santos, Gustavo Borges da Silva, Carlos Frederico Verçosa Duboc, Cinthya Silva Neumann, Mauricio Monteiro da Fontoura, Glauco Octaviano Guerra, Aurino Batista de Souza Filho, Paula Alessandra Rodrigues de Oliveira Ayres, José Domingos Ayres da Fonseca, Wagner Macedo de Souza e Anderson Gomes Bezerra, acusados de participar de um esquema de desvio de dinheiro na compra de respiradores para o combate à Covid-19 no Estado do Rio de Janeiro. 

De acordo com a denúncia, no Estado do Rio de Janeiro e a partir da sede da Secretaria Estadual de Saúde, uma organização criminosa integrada pelos denunciados, estruturalmente ordenada em núcleos, com divisão de tarefas, foi formada tendo como objetivo desviar em proveito próprio e de terceiros, ainda não identificados, verbas no valor de R$ 36.922.920,00, do erário estadual destinados à compra de aparelhos respiradores e ventiladores pulmonares para uso em pacientes portadores da Covid-19 nos esforços de combate à pandemia. 

Na decisão, foram decretadas ainda as prisões preventivas de Carlos Frederico Verçosa Duboc, Paula Alessandra Rodrigues de Oliveira Ayres, José Domingos Ayres da Fonseca, Wagner Macedo de Souza e Anderson Gomes Bezerra e mantidas as prisões cautelares de Gabriell Carvalho Neves Franco dos Santos, Gustavo Borges da Silva, Cinthya Silva Neumann, Mauricio Monteiro da Fontoura, Glauco Octaviano Guerra e Aurino Batista de Souza Filho.   

 

MB/FS