Publicador de conteúdo web

Apresentação

O acervo do Museu da Justiça é constituído de processos e livros judiciais, documentos, fotografias e objetos diversos relacionados com fatos significativos e personalidades de destaque do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro. O acervo dispõe, também, de, aproximadamente, 170 arquivos audiovisuais com depoimentos de magistrados e outras personalidades ligadas ao Judiciário fluminense; além de documentos pessoais de magistrados e juristas.

Entre os mais de 24 mil processos e livros de atos judiciais, destacam-se demandas cíveis e comerciais de importância na vida social e política do Rio de Janeiro; registros de compra e venda de escravos e inventários de vultos importantes do Império e da República; processos criminais de grande repercussão; relatórios de presidentes de Tribunais e atas de sessões e posse de magistrados.

Dos cerca de 4.400 objetos, compostos, em grande parte, por fotos de pessoas que fazem parte da história da Justiça Estadual, encontram-se, também, peças de mobiliário, estátuas, quadros, condecorações e vestes talares.

 

O Museu da Justiça possui, atualmente, mais de 24 mil processos e atos judiciais.

Voltar