INFOTIM

Finalidade: Permitir o acesso ao sistema INFOTIM, desde que estejam necessariamente desempenhando suas funções e devidamente cadastrados como usuários no sistema da TIM, bem como amparados em ordem judicial autorizadora, com o objetivo de automatizar as solicitações de fornecimento de informações de dados cadastrais e de registros de fluxos telefônicos e de dados dos clientes da TIM, receber respostas via sistema.

Usuários: Magistrados e servidores autorizados.
Limite de Usuários:

- Serventias de 1ª instância: poderão ser cadastrados até 04 (quatro) Servidores, além da senha do Magistrado e de 02 (dois) Servidores do Gabinete;

- Demais Unidades Organizacionais: poderão ser cadastrados até 02 (dois) Servidores, além da senha do Magistrado e de 02 (dois) Servidores do Gabinete.

Cadastramento: o interessado deverá encaminhar os “Formulários: " Termo e Condições de Uso e Política de Privacidade para acesso ao INFOTIM” E "Formulário de Cadastramento para acesso ao INFOTIM”, cujos modelos seguem abaixo, devidamente preenchidos e assinados, para o e-mail dgjur@tjrj.jus.br, com cópia para o e-mail do Magistrado autorizador, ou entregues diretamente ao Gabinete da Diretoria de Apoio aos Órgãos Jurisdicionais (GBJUR), localizado na Av. Erasmo Braga, 115, Lâmina II, Sala 1001, bem como encaminhados por malote para o código 525.

 

- Formulário de Cadastramento" para acesso ao INFOTIM: CLIQUE AQUI
 

Efetivação do Cadastramento: A TIM realizará o cadastramento e a criação do novo usuário, de forma individualizada no Sistema e enviará o seu respectivo “login” e “senha”, por e-mail, os quais são pessoais e intransferíveis, sendo que, neste ato, o usuário deverá concordar e aceitar com a condição de única e exclusiva responsabilidade do usuário a correta utilização do Sistema, pelo acesso às informações nos limites da determinação judicial específica, bem como pelo total sigilo das informações obtidas.

Recadastramento: Para o recadastramento, a respectiva reativação se dará somente mediante solicitação eletrônica, através de e-mail do Magistrado, a qual deverá ser remetida ao endereço eletrônico dgjur@tjrj.jus.br, podendo ainda ser enviada por malote digital ou e-mail institucional individual ou da Serventia com cópia ao Magistrado, contendo os seguintes dados do usuário:

a)Nome completo;
b)Matrícula funcional
c) RG;
d) CPF;
e) Data de Nascimento;
f) Unidade Organizacional a que está vinculado;
g) Cargo;
h) Endereço;
i) E-mail funcional;
j) Telefone fixo (funcional);
k) Celular.

 

ATENÇÃO!!!! Nos casos de recadastramento, não é necessário o envio de novos Formulários.

Ocorrendo, por qualquer razão, a extinção do vínculo do Servidor com a Unidade Organizacional, ou na hipóteses de o usuário deixar de fazer parte do quadro de servidores ou assumir função diversa no Tribunal, diferente daquela que justificou o acesso ao sistema, ou outra causa que possa comprometer o critério de confiança, a DGJUR  deverá ser comunicada imediatamente, através do envio de e-mail do Magistrado ou de e-mail institucional individual ou da Serventia, com cópia ao Magistrado, ao endereço eletrônico dgjur@tjrj.jus.br, para comunicar à TIM e essa poder cancelar a respectiva permissão de acesso ao INFOTIM.
 

Fiscalização: DGJUR - SEDIF (Serviço de Instrução e Fiscalização de Convênios).

Suporte Técnico/Problemas com acesso: Enviar e-mail para infotim@timbrasil.com.br

Dúvidas: Entrar em contato com a DGJUR, através dos telefones 3133-4709.