QUERO UMA FAMÍLIA

Finalidade: Permite aos usuários à busca ativa de famílias adotivas para crianças e adolescentes em situação de adotabilidade, que não tenham encontrado pretendentes no Cadastro Nacional de Adoção.

Usuários:

- Magistrados e Servidores, vinculados à área da Infância e da Juventude não infracional (protetiva), poderão ser cadastrados até 04 (quatro) Servidores, além da senha do Magistrado e de 02 (dois) Servidores do Gabinete;

- Habilitados à adoção internacional, de acordo com os critérios estabelecidos pela Comissão Estadual Judiciária Internacional (CEJAI).

Cadastramento: Deverá ser solicitado através de e-mail do Magistrado ou via e-mail institucional do requerente ou da Serventia, com cópia para o Magistrado, para o endereço eletrônico cgjseiac@tjrj.jus.br; anexando o Termo de Responsabilidade e cópia da Identidade Funcional ou RG.

Limite de usuários cadastrados por serventia: 04(quatro) Servidores, além da senha do Magistrado e de 02(dois) Servidores do Gabinete.

Termo de Responsabilidade para acesso ao “MCA” e “QUERO UMA FAMILIA” - CLIQUE AQUI

Manual de Instruções para acesso ao Quero uma Família: CLIQUE AQUI

Ato normatizando a concessão de acesso: Aviso CGJ nº 1029/2018 - CLIQUE AQUI

Fiscalização: DGJUR - SEDIF (Serviço de Instrução e Fiscalização de Convênios)

Problemas/Dúvidas no cadastramento: Entrar em contato com o SEIAC, através dos telefones 3133-3029 e 3133-2985.

OBS: AO SER EFETIVADO O CADASTRO DO USUÁRIO NO SISTEMA “QUERO UMA FAMÍLIA”, SERÁ CONCEDIDO AUTOMATICAMENTE O ACESSO AO SISTEMA “MCA”.