Desembargador Ricardo Rodrigues Cardozo é eleito corregedor-geral da Justiça
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 30/11/2020 16:06

 

Com quatro candidatos na disputa, a eleição para a Corregedoria Geral da Justiça precisou de dois escrutínios para definir o vencedor.  No primeiro, o desembargador Ricardo Rodrigues Cardozo obteve 79 votos (44,89%), seguido pelos desembargadores Adriano Celso Guimarães, com 61 (34,66%); Custódio de Barros Tostes, com 29 (16,48%); e Reinaldo Pinto Alberto Filho, com 6 (3,41%).  Houve um voto branco/nulo (0,57%). 

No segundo escrutínio, foi eleito corregedor para o próximo biênio o desembargador Ricardo Cardozo, com 91 votos (52,3%), contra 82 (47,13%) do desembargador Adriano Celso Guimarães.  Foi registrado um voto branco/nulo. 

O desembargador Ricardo Cardozo destacou que vai enfrentar uma imensa responsabilidade pelos próximos dois anos. 

- A tarefa é espinhosa, mas pretendo fazer tudo para honrar o mandato, seguindo firme na trilha de valorização dos servidores, de estar ao lado dos juízes e de olhar para a atuação notarial de forma responsável - adiantou. 

Nascido em Niterói, o desembargador  Ricardo Cardozo tem 64 anos e preside, atualmente, a 15ª Câmara Cível do TJRJ. 

Bacharel em Direito pela Universidade Federal Fluminense (UFF), formado em 1979, atuou como defensor público e ingressou na magistratura em 1988. Foi diretor-geral da EMERJ (Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro), de 2017 a 2018, e presidente da COMAQ (Comissão de Políticas Institucionais para Eficiência Operacional e Qualidade dos Serviços Judiciais), de 2015 a 2016.

AB/FS/MB