TJRJ entrega certificados do Programa de Formação Integral de Gestores
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 27/01/2021 20:13

A solenidade de entrega dos certificados do Programa de Formação Integral de Gestores (FIG), instituído como Plano Estratégico do TJRJ na área de Gestão de Pessoas no biênio 2019/2020 foi realizada nesta quarta-feira (27/1) no Salão Nobre do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. O evento, que foi transmitido on-line para os formandos pela plataforma Teams, contou com a presença de apenas dois servidores, que obtiveram o maior número de horas de capacitação no programa e foram escolhidos para representar os demais participantes: a analista judiciária Meire Lúcia Fernandes e o técnico de atividade judiciária Ricardo Monteiro dos Santos. No total, 188 servidores concluíram o programa.   

A juíza Eunice Bittencourt Haddad destacou a importância do Programa de Formação de Gestores para a capacitação de servidores: 

- Todos devem estar orgulhosos no dia de hoje. Quando se resolve fomentar a capacitação de pessoas, seja investindo dinheiro, empregando tempo ou doando conhecimento, todos os envolvidos saem ganhando. Os formandos transformados em pessoas mais aptas a desempenhar funções, e os formadores renovados de ideias e potencialidade. Hoje, celebramos um resultado muito positivo de uma dessas investidas na capacitação, o Projeto Estratégico da DGPES para a formação de gestores tem a dupla satisfação de ter aprimorado profissionais e melhorado o serviço que o Tribunal de Justiça presta à sociedade – ressaltou a juíza.  

Em seu discurso, o diretor-geral da DGPES, Gabriel Albuquerque Pinto, agradeceu a todos os servidores que participaram do curso:  

- Eu quero agradecer a todos os mais de 900 servidores que se engajaram nesse programa e, especialmente, aos 188 que já o concluíram de acordo com as regras normativas e serão agraciados com o certificado. Eles estão representados pelos dois servidores que atingiram a maior número de horas de capacitação. A capacitação nos torna servidores melhores e mais aptos para  prestar atendimento à sociedade. E é isso que o TJRJ espera de nós – disse o diretor.  

Ao final da solenidade, foram entregues os certificados para os dois servidores presentes enquanto os demais recebiam seus certificados por e-mail.  

Para o servidor Ricardo Monteiro Santos, chefe de Serviço de Processo de Instalações do Departamento de Engenharia, a entrega do certificado representa uma oportunidade de aperfeiçoamento do trabalho dos servidores: 

- Eu tenho muito a agradecer a essa gestão da Escola de Administração, na qual já tive a honra de trabalhar, a oportunidade de aperfeiçoamento que só nos faz sentir melhores no nosso trabalho. Graças ao curso, meu desempenho melhorou e agreguei muito conhecimento. Sem o contínuo aperfeiçoamento, nós não podemos desempenhar e nem evoluir no nosso trabalho. Foi uma experiência ótima - disse o servidor.   

Meire Lucia Fernandes, chefe de serventia da 5ª Vara Cível, ressaltou a importância da criação do FIG para a complementação da formação de servidores:   

- Foi a primeira vez que a gente teve um curso tão completo assim. Eu sempre gostei muito dos cursos de gestão da Esaj, mas desta vez foi muito completo, com maneiras diferentes de administrar as aulas. Eu procurei aproveitar todos os cursos que ofereceram e fiquei muito feliz. Este curso é fundamental para o desempenho das funções de gestão e para lidar com os públicos interno e externo. 

Participaram da mesa a juíza auxiliar da Presidência do TJRJ Eunice Bittencourt Haddad, representando o presidente do Tribunal, desembargador Claudio de Mello Tavares, e o presidente do Conselho Consultivo da Escola de Administração Judiciária, desembargador Antonio Eduardo Ferreira Duarte; a diretora da Escola de Administração Judiciária (Esaj), Angela Cardoso Pingitore, e o diretor-geral de Gestão de Pessoas (DGPES), Gabriel Albuquerque Pinto. 

O Programa de Formação Integral de Gestores promoveu capacitações em Gestão de Pessoas, Comunicação Corporativa, Negociação e Administração de Conflitos, Gestão de Projetos, entre outras, e teve a duração de 18 meses. Durante esse período, foram oferecidas 209 turmas com um total de 982 gestores participando do programa.    

O FIG foi instituído como Plano Estratégico do Poder Judiciário fluminense na área de Gestão de Pessoas e regulamentado pelo Ato Normativo 07/2019.    

MM/FS 

Fotos: Luiz Henrique Vicent

 

Galeria de Imagens