Viúva da Mega-Sena segue presa
Notícia publicada por Assessoria de Imprensa em 13/01/2020 20:55

A Justiça do Rio negou mais uma vez o pedido de liberdade de Adriana Ferreira Almeida, conhecida como a “viúva da Mega-Sena”, condenada a 20 anos de prisão por planejar o assassinato do milionário Rene Senna. Desta vez, o advogado de Adriana entrou com um pedido de substituição da prisão preventiva por medidas cautelares, o que foi negado porque Adriana já havia conseguido esse benefício após seu segundo julgamento, porém descumpriu as medidas, ficando foragida após uma decisão posterior que determinava que ela voltasse para a prisão.

Proc. 0004242-15.2007.8.19.0046