Publicador de conteúdo web

Centrais de Penas e Medidas Alternativas - CPMA

          



Considerando que o Estado Brasileiro, no art. 144, caput, da Constituição Federal, determina que a segurança pública é dever do Estado, direito e responsabilidade de todos;

Considerando que a Lei Estadual nº 2.556, de 21 de maio de 1996, confere ao Presidente do Tribunal de Justiça, a atribuição de fixar a competência territorial de cada órgão (art. 20, § 2º), bem como a de designar Juízes Cíveis e Criminais, nas respectivas áreas de atuação, para processar e julgar as matérias de sua competência (art. 21);

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro criou, na Comarca da Capital e nas Comarcas do Interior, as Centrais de Penas de Penas e Medidas Alternativas (CPMA`s) através da Resolução TJ/OE nº 39/2006.

Atualmente, as Centrais de Penas e Medidas Alternativas são regulamentadas pela Resolução TJ nº 39/2010 e pelo Ato Executivo TJ nº 3334/2011 que, dentre outras alterações, ampliou o número de CPMA´s em todo o Estado do Rio de Janeiro, conforme quadro abaixo ilustrado.

 

Contatos CPMAs.



GRÁFICO DA EVOLUÇÃO DOS ATENDIMENTOS NAS CENTRAIS DE PENAS E MEDIDAS ALTERNATIVAS TRIMESTRALMENTE NO ANO DE 2013 A 2015.